13 de abril de 2017

1 comentários
passadas descuidadas na rua, não checar se há carros vindo ou alguém seguindo. não cuidar se a quantidade de cloro faz bem pra sua pele sensível, se deveria tomar um banho de chuva e logo após um de chuveiro gelado e bem demorado. cortes nos pulsos, cortes nos tornozelos, brasa de cigarros nos joelhos, beliscões, puxões de cabelo, às vezes socos. eu sei que eu nunca cuidei de mim. sei que me odiei por muito tempo (e ainda odeio) eu sinto um vazio no peito e uma culpa por ter vontade de fazer mal a mim mesma. apesar da imensa vontade, eu não faço mais... não é nem por mim, é mais pelas pessoas que gostam de mim. pra falar a verdade é A pessoa. ele faz me sentir como se fosse a pessoa mais preciosa que existe... queria dizer que não mereço mas vai brigar comigo. obrigada por gostar de mim quando nem eu mesma me suporto.

Marcadores: