Não posso viver em um mundo no qual você não exista, Bella.

5 de fevereiro de 2017

0 comentários
"Naquele instante, eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito, o sangue pulsando quente e rápido por minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce aroma que vinha da pele dela. Era como se nunca tivesse havido um buraco em meu peito. Eu estava perfeita, não curada, mas como se nunca tivesse havido nenhuma ferida."

Marcadores: