É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.

c-box ~?



Arquivos do blog

textos | trivialidades | tags

lovely babes


K ~ | Debs | Cookies | Anzu


novas postagens
postagens antigas



Tudo e nada.

11 de abril de 2016 | 0 comentários

Sou gota, sou chuvisco, sou tempestade.
Em um momento sou uma leve brisa, no outro sou um tornado a devastar tudo pela frente.

Sou interrogação, exclamação, ponto final ou simplesmente uma vírgula.
Sou um filme, uma música ... um livro, uma história.
Sou luz e escuridão ... noite e dia ... frio e calor.

Sou sangue e alma ... Sou um pensamento, sou um coração.

Posso ser tudo e ao mesmo tempo ser nada.

Marcadores: