É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.

c-box ~?



Arquivos do blog

textos | trivialidades | tags

lovely babes


K ~ | Debs | Cookies | Anzu


novas postagens
postagens antigas



Passa e fica.

11 de abril de 2016 | 0 comentários

Eu a vejo atravessar o bar, com a tristeza a lhe guiar... desce a bebida mais forte que o dinheiro dá pra comprar. como seguirá em frente, presa a essa dor?
Mais um gole pra garganta pra esquecer o que passou . . . passou . . . porque tudo passa, e algo em tudo que passa, fica. passou... porque tudo passa, porque tudo se pacifica.

Vejo lágrimas no olhar... vejo gente a rodear.. coisa que ninguém explica, e que o mistério faz calar. Tá chovendo dentro dela, quase que um temporal, remoendo mil mazelas de um romance sem igual, como vai fazer agora, sem o seu amor? (vai ter que ter um tempo pra lidar com o que passou) ... passou ... como tudo passa ... em algo em tudo que passa, fica. passou, porque tudo passa, porque tudo se pacifica.

Fica a história pra contar, fica a lembrança que habita, onde não se consegue tocar, onde nada mais se modifica.

Fico olhando ela disfarçar, pega e acende um cigarro, alguém reclama da fumaça, de graça ela pede mais um trago. O garçom ignorante, bate um copo e diz: "cabô". Ela não discute vai embora como se engolisse o que passou. passou, porque tudo passa.

Marcadores: